Cibersegurança

Cibersegurança em 2024: protegendo sua organização

11 de novembro de 2023

Em um mundo cada vez mais digital, a tecnologia tem desempenhado um papel fundamental para as organizações e os indivíduos. À medida que nos tornamos mais dependentes da tecnologia, também ficamos mais vulneráveis às ameaças cibernéticas 

Os riscos cibernéticos evoluíram e se tornaram mais sofisticados e abrangentes do que nunca. Somando-se à crescente interconexão de dispositivos e sistemas, proteger informações valiosas ficou mais desafiador ainda. Pensando na Cibersegurança em 2024, como é possível proteger a sua organização?

 

Tendências atuais em Cibersegurança

Em 2024, a cibersegurança continua sendo um tópico constantemente em destaque. Diversas estatísticas apontam um cenário alarmante das ameaças cibernéticas, que estão sempre em evolução.  

Conforme previsão do Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, haverá um aumento superior a 14% em relação aos gastos mundiais com segurança cibernética e gerenciamento de riscos. Enquanto em 2023 os gastos estimados são de U$ 188 bilhões, em 2024, o valor ultrapassará os U$ 215 bilhões investidos na área de cibersegurança mundialmente. 

Esses gastos estão sujeitos à influência de várias tendências, incluindo a ênfase organizacional na privacidade, considerando as regulamentações que impactam o tratamento de dados pessoais.

Além disso, observa-se um aumento na demanda por soluções de detecção e resposta na nuvem, como Detecção e Resposta de Endpoint (EDR) e Detecção e Resposta Gerenciada (MDR). Também é notável o aprimoramento dos investimentos em segurança e gerenciamento de riscos por parte dos líderes nesses campos. Isso se reflete em um crescimento dos gastos com ferramentas de segurança na nuvem, bem como na expansão dos serviços de segurança, incluindo consultoria, terceirização de TI, implementação e suporte de hardware. 

Cibersegurança em 2024: Impacto nos negócios

Recentemente, um ataque hacker interrompeu o funcionamento de hospitais nos Estados Unidos. Uma organização americana teve mais de 25 TB extraídos e o grupo que criou o ransomware pediu um resgate de U$ 51 milhões para não publicar os dados roubados. O site do aeroporto de Guarulhos e a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul também sofreram ataques cibernéticos. 

Diversos casos de ataques cibernéticos como esses têm ilustrado a vulnerabilidade das organizações, trazendo, além de perdas financeiras com o pagamento de resgates, danos irreparáveis à reputação e violações de dados que afetam a confiança dos clientes e geram problemas jurídicos com as Leis de Proteção de Dados. A exigência de pagamento de resgates em criptomoedas torna ainda mais difícil rastrear os cibercriminosos. 

Os principais obstáculos previstos para o ano de 2024 incluem:

  • a carência de profissionais qualificados em cibersegurança;
  • o desafio contínuo da evolução constante da complexidade e diversidade das ameaças cibernéticas;
  • o impacto das regulamentações relacionadas a políticas de cibersegurança e privacidade;
  • a cultura organizacional e a conscientização dos funcionários no sucesso das iniciativas de cibersegurança e gestão de riscos dentro das organizações. 

Os líderes empresariais, conhecidos como C-levels, enfrentam desafios significativos em relação à cibersegurança, já que precisam garantir que suas organizações estejam adequadamente protegidas e, ao mesmo tempo, equilibrar a necessidade de inovação e crescimento. 

O futuro da Cibersegurança em 2024

Em 2024, a inteligência artificial (IA) e a Internet das Coisas (IoT) desempenharão papeis cada vez mais importantes na cibersegurança. Enquanto a IA será utilizada para identificar e mitigar ameaças em tempo real, a proliferação da IoT criará mais pontos de entrada para ataques, tornando a segurança de dispositivos IoT uma prioridade. 

Um desafio para os profissionais de segurança cibernética é o combate às ameaças emergentes, como deepfakes e ataques em cadeia de suprimentos, que exigirão respostas inovadoras por parte das organizações. 

Em virtude disto, a cibersegurança precisará continuar a evoluir com tecnologias inovadoras para enfrentar ameaças cada vez mais sofisticadas e oferecer soluções inteligentes e proativas. 

Como se preparar para 2024?

O ponto mais importante é adotar medidas proativas de cibersegurança. Para isso, é essencial implementar políticas de segurança e garantir que todos os colaboradores estejam treinados para reconhecer e lidar com ameaças cibernéticas. 

Algumas dicas práticas que podem ajudar a sua organização são: 

  • Implemente políticas de segurança cibernéticas rigorosas e mantenha-as atualizadas.

  • Treine sua equipe em conscientização de segurança e práticas seguras online.

  • Mantenha sistemas e software atualizados com patches de segurança.

  • Faça auditorias regulares de segurança para identificar vulnerabilidades.

  • Considere a adoção de tecnologias de segurança avançadas, como soluções de detecção e resposta a ameaças.

Como está atual segurança cibernética da sua organização?  

Em que momento da jornada de segurança cibernética, a sua organização está?

Convidamos você a fazer o diagnóstico gratuito da cibersegurança da sua organização. Faça agora mesmo sua avaliação gratuita e descubra em 15 minutos qual seu nível de segurança. Ao final, receba gratuitamente um relatório com sua jornada e as melhores recomendações dos nossos especialistas, personalizadas para sua empresa.

Não espere até que seja tarde demais. Proteja seu negócio contra ameaças cibernéticas e garanta um futuro digital seguro.

Proteja Seu Futuro Digital hoje

Esteja preparado e protegido contra os riscos cibernéticos, que continuam a evoluir. Não deixe que sua empresa seja a próxima vítima.

Para obter orientação personalizada ou saber mais sobre nossas soluções em cibersegurança e fale com nossos especialistas. Juntos, podemos construir um futuro digital mais seguro para sua organização.